thaisfernandes67@gmail.comTel: +55 51 9912.9232 (whatsapp) | Skype: thaisfernandes67

THAIS FERNANDES é formada em jornalismo pela PUCRS. Trabalha com cinema (roteiro, direção e montagem), teatro (dramaturgia e direção) e pesquisa a narrativa híbrida (cinema, teatro e internet).​

De 2007 a 2009 foi coordenadora de finalização do Núcleo de Programas Especiais da RBSTV, e em 2008 participou do taller de realização de documentários da EICTV, Cuba. Em 2009 trabalhou como assistente de montagem na Casa de Cinema de Porto Alegre, participando das séries "Fantasias de uma Dona de Casa" e "Família Brasil", ambas exibidas na RBSTV, e "Que exploração é essa?", exibida no Canal Futura.



Ainda em 2009 produziu e foi curadora da Mostra de cinema "Santiago Álvarez - O olho da revolução", que trouxe a Porto Alegre algumas das obras cinematográficas do cineasta cubano Santiago Álvarez. Em 2011 ganhou bolsa integral do programa IBERMEDIA para participar do “IV Diplomado en Documental de Creación” em Cali, Colômbia. Em 2012 assina a montagem da série documental “Sonho de Guri”, e dos curtas documentais “Cidades Redesenhadas” e “Felizardo, um retrato em meio tom”, todos dirigidos por Liliana Sulzbach. Em 2013 lança a performance transmídia “Passaporte para o Exílio”, contemplada com o prêmio Coletivos Criativos. Ainda em 2013 é selecionada para o 8º TALENT CAMPUS BUENOS AIRES, e em 2014 para o BERLINALE TALENTS. Também em 2014 lança o webdocumentário interativo “A CIDADE INVENTADA” - no qual assina produção executiva e edição de vídeos - e estreia “No que você está pensando?”, espetáculo teatral contemplado com o Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz 2013, do qual é dramaturga, diretora e vídeo designer. Em 2016, seu primeiro documentário interativo como diretora – “UM CORPO FEMININO” – foi selecionado para o IDW / INTERACTIVE DOCUMENTARY WORKSHOP - Visions Du Réel 2016, e está em fase de produção. No mesmo ano também inicia a pesquisa de "AFINAL, QUEM É DEUS?" - série documental para o público infantil aprovada no edital PRODAV 12/2015 de TV's públicas, da qual é roteirista e diretora. Em 2018 prepara PORTUÑOL, seu primeiro longa metragem.

Assina direção e montagem dos curtas “Janela” e “Contrato de Amor”, ambos documentais, e “A última foto”, resultado do prêmio Canon Short Film Competition.

email: thaisfernandes67@gmail.com



Tel: +55 51 99912.9232


Skype: thaisfernandes67

  • Vimeo limpo
Selecionada para o
Berlinale Talents 2014

www.berlinale-talents.de

Selecionada para o
Talents Buenos Aires 2013

http://talentsba.ucine.edu.ar/

Destaques em CINEMA/TV
Destaques em TEATRO

• Um Corpo Feminino – curta-metragem documentário (2018) 

Quando nomeamos uma coisa, ela perde ou ganha sentido? “Um corpo feminino” propõe um jogo aparentemente simples – pergunta para mulheres de diversas gerações a definição de algo que em teoria as unifica. Parte de um projeto transmídia, o filme é a porta de entrada para uma narrativa que possui muitos pontos de vista e nenhuma resposta certa.

Roteiro, Direção e Montagem: Thais Fernandes

www.umcorpofeminino.com.br

• A Saga do Herói – curta-metragem ficção (2016) 

Curta experimental resultado da residência do LABMIS 2015 - O filme é uma sequência, como se extraído de um longa-metragem, que se passa em uma cidade fictícia de um Brasil futuro, pós-catástrofe. O Brasil construído no filme é feito com maquetes de empreendimentos imobiliários contemporâneos, implantados em uma paisagem árida, empoeirada, como se fosse a manhã seguinte de um fenômeno natural de grandes proporções. A narrativa se concentra na luta entre dois personagens que, ante essa cidade diminuta, são gigantes.

Roteiro e Direção: Lívia Pasqual | Montagem: Thais Fernandes

• Navegantes – curta-metragem documentário (2015)

A NAU DA LIBERDADE iniciou seus trabalhos em maio de 2013. Fazem parte do grupo usuários, estudantes e trabalhadores que navegam pelas águas da saúde mental através do fazer teatral. São exploradores do próprio destino que, lançados ao mar da loucura, reinventam a realidade através da arte.

Roteiro, Direção e Montagem: Emiliano Cunha, Livia Pasqual e Thais Fernandes.

 

• Na Minha Sopa Não – curta-metragem ficção (2015) 

Projeto contemplado no Edital Carmen Santos Cinema de Mulheres 2013

Roteiro e Direção: Mirela Kruel | Montagem: Thais Fernandes

 

• “A Última Foto” (2015)

Curta-Metragem em fase de finalização.

Roteiro, direção e montagem: Thais Fernandes

Produção: CENA EXPANDIDA | Co-Produção: Besouro Filmes

Patrocínio: Berlinale Talents e CANON

 

• PANDORGA – programa infantil (2015) 

Série de programas infantis apresentados na TVE-RS e TV BRASIL 

Roteiro: Adriano Basegio e Tatiana Nequete

Direção: Maria Inês Falcão | Montagem e Finalização: Thais Fernandes

 

• Batuque Gaúcho – média-metragem documentário (2014) 

Projeto contemplado no edital ETNOFOC III. 

Roteiro: Sérgio Valentim e Thais Fernandes

Direção: Sério Valentim | Montagem: Thais Fernandes

 

“A Cidade Inventada” (2014)

Webdocumentário

Idealizado como um desdobramento do documentário "A Cidade", A CIDADE INVENTADA  é um projeto crossmídia que explora novas perspectivas narrativas. Inclui a versão de cinema e TV do filme com audiodescrição, além de oferecer novas informações, vasto material de arquivo e captações inéditas. O internauta poderá explorar o lugar,  conhecer mais sobre seus moradores e jogar com as histórias de forma interativa.

Direção: Liliana Sulzbach

Coordenação geral e edição de vídeos: Thais Fernandes

 

Centroavante (2013)

Clipe para single da Banda CALOTE SAMBAROCK.

Produção: Besouro Filmes

Roteiro e Direção: Thais Fernandes

 

• “Welcome to the party” (2013)

Clipe para single da Banda Melody. Produção Besouro Filmes

Roteiro, direção e montagem: Thais Fernandes

 

• “Contrato de Amor” (2012)

Curta documentário,  realizado através do coletivo DOC21.

Roteiro e Direção:  Camilo Rodriguez, David González, Leonor Jiménez e Thais Fernandes

Montagem: Thais Fernandes 

 

• “JANELA” (2012)

Curta documentário,  realização independente.

Direção e Montagem: Thais Fernandes 

 

• “Cidade Redesenhadas” (2012)
 Curta documental que analisa a situação urbana através do olhar dos artistas gráficos Santiago e Edgar Vasques. Produzido pela Tempo Porto Alegre para o Canal Futura.
  Direção: Liliana Sulzbach / Montagem: Thais Fernandes

  

“A Cidade” (2012)
Curta documental que retrata o cotidiano de uma pequena comunidade no sul do Brasil que está desaparecendo lentamente.
 Direção: Liliana Sulzbach / Montagem: Angela K. Pires
 Assist. De Montagem: Thais Fernandes



• “Sonho de guri” (2012)

Série documental sobre meninos que sonham ser jogadores de futebol. Produzida pela Tempo  Porto Alegre para RBSTV.
 Direção: Liliana Sulzbach / Montagem: Thais Fernandes



• “Felizardo, um retrato em meio tom” (2012)​

 Curta documental sobre a obra de Luiz Carlos Felizardo, reconhecido fotógrafo gaúcho.  Produção  da  Tempo Porto Alegre.Direção: Liliana Sulzbach / Montagem: Thais Fernandes

• “Ser Saudável”  (2011)​

Série jornalística de saúde produzida pela TV Unisinos e exibida no Canal Futura.
Direção: Márcio Schoenardie / Montagem: Alfredo Barros, Lucio Born e Thais Fernandes



• “Quilombo da Família Silva”  (2010)

 Documentário produzido pelo Ponto de Cultura Teia Viva sobre o primeiro quilombo urbano  reconhecido no Brasil.
 Direção: Sérgio Valentim / Montagem: Thais Fernandes



  • Vídeos de Porto Alegre para a Expo Xangai 2010, "Better City – Better Life" (2010)

 Direção: Liliana Sulzbach  / Montagem: Ângela K. Pires / Assistente de montagem: Thais Fernandes;



• “Encontro da Diversidade – Um mundo mais do nosso jeito” (2010)

 Documentário sobre o Encontro da Diversidade Cultural, realizado pela Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural (SID) do Governo Federal.
 Direção: Coletivo Catarse  / Função: Montagem e finalização.

 

"Maíra, de Darcy Ribeiro: Um Deus mortal?" (2009)

 Documentário sobre a   vida e obra de Darcy Ribeiro,  que mistura a mitologia indígena e animação.

Direção: Frank Coe / Montagem: Alfredo Barros e Thais Fernandes.

  

 



 

• Para que servem as coisas? (2018)

Primeiro espetáculo infantil do CENA EXPANDIDA, "Para que servem as coisas?" mistura teatro, contação de histórias e videomapping para levar à cena um narrativa original, que tem como tema central o respeito às diferenças e a tolerância. 

Voltado para crianças de 06 a 11 anos, o projeto foi construído com a participação do seu público-alvo. Os desenhos animados que intaragem com o ator durante toda a encenação, através de projeção mapeada, foram criados por alunos de escolas municipais de Canoas/RS, cidade onde o espetáculo estreiou em maio de 2018. 

• “No que você está pensando?” (2014)

“No que você está pensando?” conta a história de um ex-casal de namorados, que em meio aos protestos que varrem o país, se reencontra nas redes sociais.  ELE, um tímido ativista político que enxerga no universo digital a ferramenta para realizar a revolução com a qual sempre sonhou. ELA, uma atriz inebriada pelo momento de insatisfação popular, que se junta à massa das ruas e das redes no anseio de imprimir sua marca no mundo.

Em uma encenação híbrida, que reúne teatro, cinema e internet, companhamos os dois fugindo do constante medo da solidão, enquanto sobrevivem à tensão entre virtual X real. Espetáculo de estreia do coletivo CENA EXPANDIDA, contemplado com o Prêmio de Teatro Myriam Muniz 2013.



• “Passaporte para o Exílio” (2013)

Performance transmídia que segue a investigação iniciada com o projeto “Porto – A Cidade como palco de uma Anti-Diáspora” – o êxodo dos artistas gaúchos para outras cidades/países. Projeto contemplado Programa de Incentivo a Coletivos Audiovisuais Criativos da Agência IRWI, em parceira com a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura.



• “Não-eu: a busca incessante do performer por si mesmo” (2012) 

Pesquisa de mestrado de Daniel Colin, de caráter teórico-prático, que se centra nos processos de criação do performer tendo o próprio corpo do artista como objeto de estudo.  Investiga em que medida, e através de quais procedimentos, o performer consegue descontruir / corrigir / transformar / reconstruir seu próprio corpo.

Concepção: Daniel Colin / Artistas convidados: Ricardo Zigomático (ator/performer e artista gráfico)

e Thais Fernandes (atriz/performer e vídeo designer).



​• “Porto – A Cidade como palco de uma Anti-Diáspora”  (2012)

Performances urbanas do grupo Teatro Sarcáustico sobre o êxodo dos artistas porto-alegrenses para cidades maiores. Contemplado com o prêmio “Funarte Artes Cênicas na Rua 2011”. Direção: O grupo / Registro em vídeo e fotografias – Thais Fernandes



•    “Breves Entrevistas com Homens Hediondos” (2011)

Espetáculo do grupo Teatro Sarcáustico com direção coletiva do grupo. Baseado no livro homônimo de David Foster Wallace.  / Função: Concepção dos vídeos do espetáculo.



​•  “Stand By Me” (2011)

Encenação baseada no conto homônimo de Mário Bortolotto. Com Ricardo Zigomático, Genises Azevedo, Ander Belotto e Junior Grandi. Direção: Thais Fernandes / Orientação: Inês Marocco. (UFRGS)



​•  “Wonderland e o que Michael Jackson encontrou por lá” (2010)

Espetáculo do grupo Teatro Sarcáustico. Direção: Daniel Colin / Dramaturgia: Daniel Colin e Felipe Vieira de Galisteu. / Função: Atriz e Direção dos vídeos de divulgação do espetáculo.